Preservação da Memória do Museu Nacional

meteorito de bendego museu nacional rio de janeiro
Meteorito de Bendegó

A tragédia ocorrida no Museu Nacional, no Rio de Janeiro, foi algo que comoveu muitas pessoas dentro e fora do Brasil. Porém, ainda existe a esperança de reconstrução do museu e de preservação da memória do acervo que se perdeu com o incêndio, e, para que isto ocorra, a Instituição precisará de toda ajuda possível.

Fosseis dinossauros Museu Nacional RJ
Fósseis de dinossauros


Como você pode ajudar?

1 – Doando fotos e vídeos

A fotografia é sempre uma boa maneira de preservar memórias, não é mesmo? E desta vez não será diferente, pois você pode ajudar a preservar as memórias do Museu Nacional,enviando fotos que tirou das peças, para sites que estão recolhendo imagens e vídeos.
  • Você também poderá colaborar com o Wikipedia, doando suas fotografias e vídeos, para preservação da memória do Museu. Basta seguir o passo a passo:
    Visite o site: Wikimedia Commons; https://commons.wikimedia.org/wiki/Main_Page?uselang=pt-br
    Clique em “Upload” no canto superior direito. Faça login (ou crie um cadastro) para prosseguir;
    Saiba na seção “Aprender”, o que pode (ou não) ser enviado. Clique em Próximo e envie as fotos ou vídeos;
    Clique em “Próximo” novamente, e escolha a opção “Este arquivo é de minha autoria”;
    Escreva um título e uma descrição do que você enviou; se possível, insira a data de quando a mídia foi capturada. Importante: na seção Categorias, adicione “Museu Nacional, Rio de Janeiro”;
    Clique em Publicar e pronto.
  • Além da própria Instituição e do Wikipedia, também é possível colaborar com outras iniciativas que estão ajudando a recolher imagens e vídeos para preservação, como por exemplo com os estudantes do curso de Museologia da Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), que estão recebendo fotos e vídeos através do e-mail: [email protected]

2 – Entregando Fragmentos encontrados ou doando peças históricas

Alguns fragmentos de peças do acervo foram encontrados espalhados por bairros vizinhos a São Cristóvão, como Vila Isabel e Maracanã, por exemplo. Por isso, a instituição pede que sejam entregues todos os pedaços.
Quem encontrou fragmentos, deve entregá-los à Biblioteca Central do Museu, no Horto Botânico, na Quinta da Boa Vista. E, quem tiver peças afins e cópias digitais que queira doar deve primeiro entrar em contato pelo e-mail: [email protected].

3- Você também pode doar dinheiro
Caso queira doar alguma quantia em dinheiro, a conta que recebe depósitos é:
Banco do Brasil
Agência 3010-4
Conta Corrente 60.618-9
CNPJ 30024681/0001-99.

O e-mail [email protected] receberá comprovantes de depósito.

fóssil Luzia o mais antigo ser humano encontrado no Brasil

O fóssil de Luzia, o mais antigo ser humano encontrado no Brasil, estava guardado em uma sala do Museu Nacional do Rio de Janeiro. A natureza preservou Luzia por 11 mil anos.

Por menor que pareça a sua ajuda, seja ela qual for, será imensamente importante para a reconstrução do museu e para a preservar a memória do acervo que foi consumido pelo fogo.

0 Comentários:

Postar um comentário